10 pontos para provar que a privatização não reduzirá a dívida da Petrobras

10 pontos para provar

Atenção: privatizar a Petrobras para reduzir sua dívida é MEN-TI-RA! Este será um dos maiores erros que o Brasil pode cometer contra o próprio povo – e podemos provar em 10 pontos. De 2014 a 2018, a Petrobras:

1. Reduziu sua dívida líquida de US$ 115,4 para US$ 69,4 bilhões.

2. Quando se fala em dívidas de uma grande empresa como a Petrobras, geralmente significa que ela fez grandes investimentos, mas terá retorno em um prazo previsto.

3. Reduziu sua alavancagem (dívida liquida / EBITDA ajustado) de 4,25 para 2,20.

4. 74,35% da redução da dívida veio da geração operacional de caixa da estatal, enquanto apenas 25,65% veio da venda de ativos.

5. Sem vender qualquer ativo, a Petrobras já conquistaria uma redução de US$ 115,4 para US$ 81,19 bilhões da dívida líquida – atingindo 2,58 de indicador de alavancagem (meta: 2,50).

6. Em 2015 foi adotada a redução da alavancagem como objetivo estratégico da alta administração da Petrobras. Foram estipulados meta e prazo arbitrários ao mesmo tempo em que se mantinham saldos de caixa elevadíssimos – tudo para justificar a privatização.

7. A venda de ativos rendeu apenas US$ 18,72 bilhões. Se não fossem privatizados, gerariam em caixa US$ 2,81 bilhões ao ano à Petrobras (considerando que rendiam 15% ao ano em geração de caixa). Em 30 anos, A venda de ativos vai causar um prejuízo de US$ 37,25 bilhões.

8. No final de 2018, a estatal tinha US$ 14 bilhões em caixa – US$ 11 bilhões a mais que a necessidade de qualquer empresa petrolífera de grande porte. Se o valor excessivo fosse usado para reduzir a dívida, a alavancagem chegaria a 2,2, sem carecer da venda de qualquer ativo.

9. A privatização impactaria negativa e violentamente a geração futura de caixa da estatal, reduziria sua capacidade de pagamento da dívida, assumiria riscos empresariais desnecessários e desestruturaria sua cadeia produtiva.

10. A Petrobras é extremamente lucrativa. Não precisa ser privatizada para reduzir sua dívida e alavancagem. Os argumentos para a venda de ativos são falaciosos, pois invertem a causa e o efeito.

Não há razão para privatizar a Petrobras. O que há nessa ideia é manipulação do povo brasileiro para atender interesses antinacionais e desonestos.

 

A Petrobras é investimento no presente e no futuro.

 

Confira também Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação: A Petrobras investe. O Brasil ganha

10 pontos para provar que a privatização não reduzirá a dívida da Petrobras

Compartilhe o post no Facebook

Compartilhe no Instagram

Passado, Presente e Futuro: A Petrobras é tudo isso e muito mais

Be Digital soluções de impacto para o Brasil crescer
Be Digital soluções de impacto para o Brasil crescer
📈 Em 2019, a Petrobras estabeleceu diversos objetivos para se tornar ainda mais competitiva, eficiente e produtiva. Um deles é o “Be Digital”: uma cultura de colaboração e adaptação ao...
Petróleo e gás já foram responsáveis por 13% do PIB brasileiro
Petróleo e gás já foram responsáveis por 13% do PIB brasileiro
Em outubro de 2019, a Petrobras completou 66 anos. Criada para dar autonomia energética ao Brasil (em um setor até então dominado por importadoras e distribuidoras estrangeiras), sua premissa sempre...
Novo mapeamento de minerais R$ 40 Milhões em Economia
Novo mapeamento de minerais R$ 40 Milhões em Economia
💰  A Petrobras investiu R$ 2,268 bilhões em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) de soluções tecnológicas para as demandas de sua atividade, em 2019. 📅  No mesmo ano, ela obteve excelentes...