5 razões para o Brasil manter a Petrobras estatal

👀 Existem inúmeras razões para o Brasil manter a Petrobras estatal, separamos  5⃣ delas para você:

1⃣ Petróleo, gás natural e derivados são bens escassos e essenciais para a estrutura produtiva mundial. Logo, são estratégicos para o desenvolvimento econômico e social do Brasil. 🇧🇷

2⃣ Poucos países têm grandes reservas de petróleo, e competência para explorá-las (o Brasil, com a Petrobras, é um deles). Tais países não privatizam suas reservas e nem suas estatais. Ao contrário, eles as protegem e as utilizam para beneficiar seu próprio povo. ⚔

3⃣ A maioria dos conflitos bélicos no mundo ocorrem pelo controle de jazidas petrolíferas (afinal, por que os Estados Unidos inventam guerras com tanta frequência?). Por isso, muitos países cortam investimentos estrangeiros (como fusões e aquisições) em setores estratégicos, a fim de proteger o interesse e a soberania nacionais. 🛡

4⃣ Fusões e aquisições de estatais por empresas estrangeiras desnacionalizam setores essenciais, geram forte pressão nas contas externas, geram prejuízos imensos (os lucros vão para os países onde as empresas possuem sede) e limitam o crescimento econômico do país. 🏚

5⃣ Privatizar a Petrobras não gerará novos investimentos ao país. Servirá apenas para transferir o controle do petróleo brasileiro e de nossas riquezas para as mãos do capital estrangeiro. 😈

 

Compartilhe a nossa campanha no Facebook

Siga-nos no Instagram

Passado, Presente e Futuro: A Petrobras é tudo isso e muito mais

A Petrobras com o Brasil é respeito ao povo e a Constituição brasileira
A Petrobras com o Brasil é respeito ao povo e a Constituição brasileira
As atividades da Petrobras são de relevante interesse coletivo e diretamente ligadas à segurança nacional. Por isso, a estatal é protegida pela Constituição Federal (artigo 173). Cada atividade é encargo...
Quem não tem compromisso com o Brasil. Tenta mudar as regras para se beneficiar
Quem não tem compromisso com o Brasil. Tenta mudar as regras para se beneficiar
Desde 1997 não existe monopólio do petróleo brasileiro. O mercado está aí aberto para quem quiser participar. Mas quem não tem compromisso com os brasileiros, só aceita jogar se puder...
Desmonte da Petrobras:  setor químico sofre
Desmonte da Petrobras: setor químico sofre
Desde que o desmonte da Petrobras começou, o setor químico brasileiro não para de sofrer. A taxa de inatividade subiu 10% com a suspensão de uma parcela das operações da...