Disparada no preço do etanol: reflexo do controle privado

Disparada-no-preço-do-Etano-é-reflexo-do-controle-privado

Álcool ou gasolina? Já se foi o tempo em que essa pergunta fazia diferença. Com a disparada no preço do etanol, chegando em média a 32% desde o início do ano, em muitos lugares já não compensa mais abastecer o carro com álcool. Em algumas cidades o preço chegou a 76% do preço da gasolina.

O principal fator para o aumento do etanol está na ganância do mercado privado. O açúcar é negociado em bolsas internacionais e seus preços, em dólar, subiram mais de 30% desde o ano passado.

Como o dólar também disparou (fruto do fracasso do governo de Jair Bolsonaro), a rentabilidade para quem vende o produto em reais ficou ainda maior, e o resultado é que boa parte da produção de cana que estava indo para etanol acabou convertida toda para o açúcar.

 

“Se o açúcar está vendendo bem, para que produzir etanol?”

Esse é o típico exemplo do que pode acontecer com a privatização da Petrobrás, já que o mercado do etanol é majoritariamente privado, estando refém de empresários que buscam maiores lucros. As necessidades da população não são levadas em consideração.

Outro fator relacionado a pressão que elevam o preço do Etanol em alguns estados é a estiagem ou baixa produção de cana de açúcar, como no caso do Rio Grande do Sul. Esse fator local, de capacidade de produção e refino, também pode ser um paralelo com o que pode acontecer com a privatização da Petrobras, onde em estados com menor capacidade de produção e refino o preço pode disparar ainda mais do que em outros estados da Federação.

A Petrobrás vai passar pelo mesmo caso seja privatizada (por inteiro ou em partes).

A política do governo Bolsonaro quer exportar petróleo cru feito açúcar, nos fazendo comprar gasolina refinada importada a preço de ouro! Não importa o desabastecimento, não importa a impossibilidade de muitos brasileiros de arcar com os valores dos combustíveis, o que importa é atender a sanha por lucro dos estrangeiros e especuladores vinculados a esse governo.

A Petrobrás é uma empresa gigante, muito lucrativa e estratégica para o país. Deixá-la na mão da ganância daqueles que não se preocupam com a vida dos brasileiros em primeiro lugar, mas sim com seus lucros, é empurrar ainda mais em direção ao desamparo a população do país.

No Brasil, praticamente todas as cadeias produtivas dependem dos combustíveis. Assim como o preço de quase todos os produtos é impactado por aumentos nos preços dos combustíveis.

O encolhimento da Petrobras, com a redução de sua capacidade de refino, trará consequência para todos os brasileiros.

Que governo é esse que se preocupa mais com o lucro de grandes empresas internacionais do que com a condição de vida, trabalho e saúde do seu próprio povo?

Com certeza não é um governo voltado para as necessidades dos brasileiros.

 

Compartilhe a nossa campanha no Facebook

Siga-nos no Instagram

Passado, Presente e Futuro: A Petrobras é tudo isso e muito mais

Estados Unidos usaram a Lava Jato para enfraquecer a Petrobras
Estados Unidos usaram a Lava Jato para enfraquecer a Petrobras
A operação Lava Jato, que enganou milhões de brasileiros, nunca teve como objetivo principal o combate à corrupção no Brasil. Seu principal propósito era interferir na vida política do país,...
Recursos de royalties do Pré-Sal ajudam cidades no combate à Covid-19
Recursos de royalties do Pré-Sal ajudam cidades no combate à Covid-19
Cidades que criaram fundos soberanos com parte do dinheiro recebido dos royalties vindos do Pré-Sal estão entre aquelas que apresentam melhores ações no combate à Covid-19, doença causada pelo Coronavírus...
“Hibernação” é política de desmanche para venda de fatias da Petrobras
“Hibernação” é política de desmanche para venda de fatias da Petrobras
A partir de 2016, a direção da Petrobras mudou de rumo logo que o governo Temer assumiu.   A privatização da empresa passou a ser meta de setores que não possuem...